quarta-feira, 3 de setembro de 2008

MEU LIMÃO, MEU LIMOEIRO

Como eu disse no post anterior, meu último final de semana foi do limão siciliano. O que consiste numa alegria para mim, já que sou fã dos cítricos e o siciliano é azedinho na dose certa.

Mas nós sabemos que trata-se de uma fruta carinha (eu já vi a unidade custar R$1,99!!!!). Então, para não errar na hora da compra nem desperdiçar nadinha da fruta, seguem Dicas para escolher e para utilizar.


O limão siciliano consiste em uma casca externa amarela, onde está o seu perfume, com uma textura que pode variar de áspera a bem suave. O sabor da fruta concentra-se principalmente nesta casca.

Depois da casca tem uma camada branca bem amarga e não muito apropriada para a culinária.

A fruta em si é feita de gomos (você já sabe disso...), de onde sai o suco e um ou outro caroço.

Para não errar:

1. Siciliano bom não é o cara que nasceu na Sicília. É o limão bem cheiroso, com amarelo vivo e brilhante. Ele deve estar firme e pesado.
2. Evite limão manchado, com partes mais moles do que outras, com pontos esverdeados ou com a testura da casca enrugada.
3. Antes de raspar a casca, lembre-se de lavar a fruta com água e sabão mesmo.
4. Há utensílios indicados para esta finalidade, como estes, mas na ausência de algo melhor, um bom ralador resolve.

Na hora de usar o limão, siga a ordem:

primeiro, rale a casca.
segundo, corte a fruta ao meio e tire o suco.

E se você guarda seu limão na geladeira, é importante não esquecer um detalhe. A fruta gelada gera mais raspa. E a fruta na temperatura ambiente produz mais suco.

Agora é com você!!

Dinda.


2 comentários:

Patricia Scarpin disse...

Ah, minha grande paixão - os limões sicilianos!

Não se preocupe com o comentário em duplicidade, Roberta!

Beijoca!

Roberta disse...

A minha também!!! Ainda vou fazer aquela receita que você postou, de bolo úmido de amêndoas e siciliano. Já comprei até a farinha de amêndoas!!!!
Um beijo!!